ONG denuncia irregularidades em futuro terminal

A ONG Educa Brasil denuncia irregularidades na maior obra do porto de Santos: Justiça Federal pede explicações à CODESP e IBAMA sobre liberação de construção de um novo terminal portuário em local considerado o maior passivo ambiental do Estado de São Paulo. A ONG Educa Brasil impetrou na última semana uma Ação Civil Pública na 1a Vara Federal de Santos, denunciando possíveis irregularidades no processo de construção de um terminal portuário de contêineres, onde funcionou por muitos anos o Lixão da Alemoa. Leia mais acessando o link: http://www.diariodolitoral.com.br/edicao/4609/index.html?PageNumber=1

Lido 7652 vezes

Deixe um comentário

Envie suas sugestões ou dúvidas a respeito deste projeto. Colabore!
Os campos marcados com (*) são necessários.